Branding no digital – EDIT. – Disruptive Digital Education

Branding no digital

Artigo

A internet aproximou a relação entre as marcas/empresas e os seus consumidores, tornando os últimos em agentes participativos no que diz respeito à definição de estratégias e campanhas, pois fazem questão de tornar as suas opiniões e experiências com a marca/empresa públicas.

A internet aproximou a relação entre as marcas/empresas e os seus consumidores, tornando os últimos em agentes participativos no que diz respeito à definição de estratégias e campanhas, pois fazem questão de tornar as suas opiniões e experiências com a marca/empresa públicas.

A estratégia e objetivos de presença no ambiente digital devem ser bem definidos para o posicionamento da empresa/marca e a comunicação deve ser coerente em todas as plataformas, bem como as ações desenvolvidas.

As tendências de Branding no Digital são: crescente aumento dos pagamentos eletrónicos, (crises em) social media, mobile, scrolling, otimização da experiência do utilizador (“Less Is More”), recurso ao Analytics para analisar o comportamento dos utilizadores antes de implementar uma campanha, minimização da privacidade, surgiram os “cidadãos jornalistas”, o conteúdo criado passará de automatizado para autentico e, por último, as estratégias de marketing digital serão ajustadas em conformidade com os resultados da monotorização da atividade de pesquisa dos utilizadores nos motores de pesquisa, nomeadamente no Google.

Poderá saber mais sobre Cursos Intensivos de Digital Creative Design aqui: Lisboa e Porto.


Partilhar:

    Fale conosco

    Interesses

      Subscrever Newsletter

      Interesses